Notícia

Spurs supera Jazz e fatura 10ª vitória seguida na NBA

Brasileiro Tiago Splitter foi um dos destaques da partida

Esportes // Basquete
Publicada em 17/03/2014 às 10:25:02

O San Antonio Spurs conquistou a décima vitória consecutiva na temporada 2013/2014 da NBA ao superar, com facilidade, o Utah Jazz por 122 a 104, em casa, pela rodada de domingo. Assim, o time de San Antonio também conseguiu o seu quarto triunfo em quatro duelos com a equipe de Salt Lake City neste campeonato.

 

O argentino Manu Ginobili anotou 21 pontos pelo time de San Antonio, que teve aproveitamento de 62,8% dos arremessos de quadra, seu recorde nesta temporada. O brasileiro Tiago Splitter também se destacou pelo Spurs e conseguiu um 'double-double' nos 22 minutos em que permaneceu em quadra, com 14 pontos e dez rebotes, além de ter dado uma assistência.

 

A série de dez vitórias é a segunda maior sequência do Spurs na atual temporada, pois em novembro de 2013 o time ganhou 11 jogos seguidos, marca que pode ser igualada no seu próximo compromisso. De qualquer forma, a equipe tem a melhor campanha da NBA e lidera a Conferência Oeste, com 50 triunfos e 16 derrotas.

 

Derrick Favors marcou 28 pontos, a sua maior quantidade nesta temporada, e foi o cestinha da partida, além de ter conquistado dez rebotes pelo Jazz. O time, porém, perdeu as últimas quatro partidas e está na lanterna do Oeste, com 22 vitórias em 67 jogos.

 

O outro brasileiro a entrar em quadra na rodada de domingo da NBA não teve a mesma sorte e perdeu para uma equipe ainda mais embalada do que o Spurs. Fora de casa, o Cleveland Cavaliers, com Anderson Varejão, foi batido pelo Los Angeles Clippers por 102 a 80. Esta vitória foi a 11ª consecutiva do time da Califórnia.

 

No dia em que celebrou o seu aniversário de 25 anos, Blake Griffin brilhou mais uma vez pelo Clippers, com 21 pontos, 11 rebotes e oito assistências. Chris Paul também se destacou com 16 pontos, sendo 11 nos 6min04 finais, e 15 assistências, enquanto DeAndre Jordan somou 15 pontos e 11 rebotes.

 

Sem perder desde o dia 21 de fevereiro, o Clippers está na terceira colocação na Conferência Oeste, com 48 vitórias e 20 derrotas. Luol Deng foi o cestinha da partida com 23 pontos para o Cavaliers, que perdeu Kyrie Irving, lesionado, ainda no primeiro quarto. Varejão atuou por 18 minutos, com 12 rebotes, dois pontos e uma assistência pelo time de Cleveland, décimo colocado no Leste, com 26 triunfos em 67 partidas.

 

Em má fase, o Miami Heat contou com uma boa atuação de Ray Allen para derrotar o Houston Rockets por 113 a 104, em casa, na noite de domingo. O veterano anotou 25 pontos para os atuais campeões da NBA, sendo 14 deles no último quarto, para garantir apenas o segundo triunfo nas últimas sete partidas da sua equipe.

 

LeBron James e Dwyane Wade anotaram 24 pontos cada para o Heat, que chegou a estar perdendo por 97 a 92, mas fez 21 pontos e levou apenas sete nos minutos finais para triunfar. Nessa sequência que definiu o jogo, Allen marcou 11 pontos. O Heat ocupa a vice-liderança da Conferência Leste, com 49 vitórias e 17 derrotas

 

James Harden foi o cestinha da partida com 30 pontos e Dwight Howard somou 21 pontos e 14 rebotes pelo Rockets, que está em quarto lugar no Oeste, com 44 vitórias em 66 partidas.

 

Já o Dallas Mavericks encerrou uma série de sete derrotas para o Oklahoma City Thunder na temporada regular ao derrotá-lo por 109 a 86, fora de casa, na noite de domingo. Além de não vencer o adversário na temporada regular desde 2 de janeiro de 2012, o time de Dallas foi 'varrido' pelo Thunder nos playoffs de 2012.

 

Dessa vez, porém, venceu e se tornou apenas a terceira equipe da Conferência Oeste a bater o Thunder neste campeonato - os outros foram Los Angeles Clippers e Portland Trail Blazers. Shawn Marion marcou 19 pontos para o Mavericks, o sétimo colocado do Oeste. Já Kevin Durant foi o cestinha da partida com 30 pontos pelo Thunder, o vice-líder do Oeste.

 

Fonte: ORM News

// Esportes // Basquete

© Copyright 2012 - 2013 PortalJNP - A informação sempre em primeiro lugar. Todos os direitos reservados.