Portal JNP: O Seu Portal de Informação

Novos contratados do Leão exaltam a força da torcida e prometem honrar a camisa azulina

Responsabilidade

Esportes // Futebol
Publicada em 19/12/2018 às 10:51:40

 Para os dois jogadores apresentados pelo Clube do Remo, ontem, no Baenão, o convite para defender o Leão Azul significou estar lado a lado com uma torcida grande e conhecida em todo o Brasil. Tanto o lateral-direito Geovane, de 24 anos, quanto o volante Róbson, 26, conhecem a torcida azulina ou de estar contra ou de acompanhar de longe.

 

“É um clube grande e uma torcida enorme. Gostei muito quando vim jogar aqui e espero dar alegria a essa torcida. Trabalho forte e com foco há muito tempo, então acho que foi isso que atraiu o Remo quando pensou em minha contratação”, disse Geovane.

 

O lateral potiguar comentou porque somente agora decidiu aceitar uma proposta para deixar o clube que o revelou. “Foram cinco anos no Globo-RN e tive outras oportunidades de sair, mas não era o momento. Acho que agora sim, era a hora de aceitar um novo desafio, ter novos ares e começar um ciclo diferente”.

 

Róbson afirmou que, mesmo nunca tendo enfrentado o Leão Azul, de longe via a força vinda da arquibancada paraense. “A gente do Sul acompanha o futebol do Norte, sabe da importância do Remo, de quanto o torcedor é apaixonado. Essa proximidade com a torcida e o calor dos jogos incentiva qualquer jogador”.


Acostumado a falar muito em campo, o volante gaúcho salientou não se enxerga como um líder ou provável capitão, mas que só sabe estar em campo falando muito. “Tenho como característica falar o tempo todo, procuro me comunicar em campo com meus companheiros. Não sei se isso me faz um líder, mas só sei jogar desse jeito”.

 

E MAIS...

JOGO DE ESTREIA

- O Clube do Remo estreia dia 20 de janeiro no Parazão contra o Tapajós. O jogo será no Mangueirão, às 16h, e os ingressos começam a ser vendidos desde hoje, com preços promocionais no Baenão e nas lojas do Remo. A arquibancada será vendida nesse primeiro momento a R$ 20,00 e a cadeira a R$ 40,00 a cadeira. Após o fim do primeiro lote, os valores serão reajustados para R$ 30,00 e R$ 50,00, respectivamente. Meia-entrada e credencial de estacionamento poderão ser reservados pelo site do Meu Bilhete no dia 18 de janeiro, a partir das 8h. As gratuidades para pessoas com deficiência e idosos serão entregues no dia do jogo, no Portão A1 do Mangueirão, a partir das 14h.

 

AÇÃO SOCIAL

- A diretoria do Clube do Remo esteve na manhã de ontem na reunião da Comissão de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, na Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região. O encontro também contou com representantes do Paysandu, da FPF do Sindicato dos Árbitros do Pará. Os clubes paraenses participação das ações da comissão. “É muito proveitoso trazermos esse projeto para as crianças. O esporte muda a vida de uma pessoa”, comentou Cláudio Jorge, vice-presidente do Remo.

 

Concorrência dificulta negociação com jovens talentos

PARCERIA

No dia em que dois reforços foram apresentados oficialmente, o lateral-direito Geovane e o volante Róbson, o diretor de futebol Dirson Medeiros comentou sobre o acerto da pré-temporada em Barcarena, dos amistosos no interior do estado e da negociação que vem se arrastando com um clube paulista para uma parceria que pode levar dois jogadores ao Baenão por empréstimo.

 

De acordo com o dirigente, um lateral e um atacante já estavam praticamente acertados, vindos do elenco sub-23 de um clube paulista que está na Série A – o nome não foi revelado -, mas estes teriam recebido propostas de clubes do exterior e a vinda deles a Belém foi suspensa, por enquanto. “Já tínhamos acertado com dois jogadores desse clube, um lateral-direito e um centroavante. Mas eles receberam sondagens da Europa e a negociação esfriou”, disse Medeiros. “O clube nos mandou uma lista com seis nomes e escolhemos esses que agora estão indisponíveis. Estamos analisando os outros nomes para fecharmos essa parceria”, completou o diretor.

 

Além desses atletas, o clube tenta fechar com um centroavante mais experiente, mas a concorrência tem sido grande nesse fim de ano. “São jogadores que a gente vem tentando há tempos. Não é fácil porque é um momento em que todos os clubes estão atrás de reforços e o mercado fica concorrido”.

 

PRÉ-TEMPORADA

Medeiros também explicou o que foi acertado com Castanhal e Barcarena para os amistosos de preparação para o Campeonato Paraense e a pré-temporada no interior do estado. “No amistoso em Castanhal serão apresentados oficialmente todos os reforços, inclusive os que chegarão após o Natal. Ficou acertado que o arrecadado no amistoso será dividido em metades iguais entre os clubes”, afirmou. “É uma parceria. Vamos fazer um amistoso em Barcarena, onde teremos uma estrutura muito boa e com alojamento e estrutura de treinamento”, finalizou Medeiros.

 

Além dos jogadores que estão em treinamento no Baenão e dos que devem ser contratados, o elenco ainda ganhará a presença dos que já foram contratados, mas ainda estão de férias porque estavam em clubes da Série B: os zagueiros Fredson e Rafael Jensen, o meia Eduardo Echeverría e o atacante Wallacer.

 

Edição: André Santos

Fonte: Dol

Noticias Relacionadas