Notícia

Atirador em moto mata homem e atinge vigilante do Hospital Metropolitano

Tiroteio

Notícias // Policia
Publicada em 13/07/2018 às 11:51:28

Uma ação realizada por um homem que conduzia uma motocicleta e trajava uniforme de mototaxista terminou com a morte de um rapaz e o ferimento de um vigilante na noite de quinta-feira (12), na área do Hospital Metropolitana de Urgência e Emergência, em Ananindeua. O tiroteio está sendo acompanhado pelas equipes da Divisão de Homicídio.

 

Segundo informações da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), um homem identificado como Paulo Victor Monteiro Pinto, de 21 anos, ajudava a namorada que fazia uma tatuagem às proximidades do portão do Hospital Metropolitano quando o atirador se aproximou na motocicleta. Ele sacou uma arma de fogo e passou a desferir tiros no rapaz.

 

Ao perceber o que estava acontecendo a jovem correu para tentar se proteger quando o criminoso passou a desferir tiros na direção dela, que não foi atingida, contudo, um dos tiros acertou a perna direita do vigilante Orlando dos Santos que trabalhava na portaria do hospital.

 

Ainda segundo a Segup, o ferimento ocasionado foi sem gravidade.

 

O responsável pelos tiros fugiu do local logo após a ação. Paulo Victor chegou a ser socorrido, mas não resistiu. 

 

Após consultas ao nome dele, foi verificado que a vítima fatal figura como informante de um crime de homicídio ocorrido no ano de 2014 no bairro da Marambaia, ocasião em que declarou ser conhecido do rapaz que foi morto, uma vez que frequentavam a mesma "boca de fumo".

 

Paulo Victor, ainda adolescente, chegou a ser apreendido por roubo e tráfico de drogas, quando ficou internado no Centro de Internação Adolescente Masculino (CIAM) cerca de 36 dias, por atos infracionais praticados no ano de 2013, quando tinha 16 anos de idade.

 

A namorada do jovem ficou bastante abalada e não soube dar maiores detalhes sobre o suspeito. Apenas que seria branco, gordo, baixo e usava uma camisa amarela de mototaxista.

 

DENUNCIE!

Quem tiver alguma informação sobre o autor dos disparos pode entrar em contato com a polícia através do 181 para denunciar. A identificação será mantida em segredo.

 

 

Edição: André Santos

Fonte: G1-Pa

// Notícias // Policia

© Copyright 2012 - 2013 PortalJNP - A informação sempre em primeiro lugar. Todos os direitos reservados.