Notícia

Campeã mundial dos 100m peito e outros seis russos estão fora do Rio

Federação Internacional de Natação (Fina) comunica suspensão de sete atletas russos, um dia depois de o COI deixar decisão nas mãos das federações

Esportes // Olimpiadas
Publicada em 25/07/2016 às 16:33:07

Um dia após o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidir manter a participação da delegação da Rússia nos Jogos – exceto o atletismo, deixando a cargo das federações internacionais liberarem ou não os atletas, a natação russa sofreu as primeiras baixas. A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou nesta segunda-feira que sete atletas russos estão fora da Olimpíada Rio 2016. Entre eles está Yulia Efimova, medalhista olímpica nos 200m peito em Londres 2012, atual campeã mundial dos 100m peito e uma das favoritas ao pódio em ambas as provas. 

 

Efimova já tinha sido suspensa após ter sido flagrada em exame antidoping com meldonium, em fevereiro, mas segundo o ministro do esporte da Rússia, Vitaly Mutko, a Fina retirou as acusações contra a nadadora, e com isso ela estaria confirmada nos Jogos. O agente da campeã mundial, Andrew Mitkov, disse à imprensa russa que a nadadora irá recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS) para reverter os efeitos da decisão da Fina e ir à Olimpíada.

 

Além de Efimova, foram sacados da Olimpíada os russos Nikita Lobintsev, Vladimir Morozov, Daria Ustinova, Mikhail Dovgalyuk, Natalia Lovtcova e Anastasia Krapivina - esta última, da maratona aquática. 

 

A Fina apoiou sua decisão em três aspectos. Em primeiro lugar, que nenhum atleta apareça no relatório da comissão independente da Agência Mundial Antidoping (Wada). Em segundo, que a inscrição de cada atleta deve ser baseada em testes feitos por laboratórios supervisionados pela própria Fina, e que não tenham sido analisados na Rússia. Por fim, que o comitê russo não deve inscrever nenhum atleta sancionado anteriomente.

 

Morozov e Lobintsev são medalhistas olímpicos: conquistaram o bronze nos 4x100m nado livres em Londres 2012. Além deles, Ustinova aparece no relatório independente da Wada. Dovgalyuk, Efimova, Lovtcova e Kravipina tiveram seus nomes suspensos devido ao histórico de dopagem. 

 

Fonte: Ge

// Esportes // Olimpiadas

© Copyright 2012 - 2013 PortalJNP - A informação sempre em primeiro lugar. Todos os direitos reservados.