Portal JNP: O Seu Portal de Informação

Hospital das Clínicas - Comissão visita entidade e aponta problemas estruturais e equipamentos obsoletos.

Um dos mais importantes hospitais do estado, agoniza, na falta de equipamentos e longas filas de espera.

Notícias // Pará
Publicada em 30/05/2019 às 07:02:18

 

 

KIT PRESENTE MALBEC NAMORADOS

R$250,60 por   R$199,90.


 

Parcele de 2  até 18x em parcelas de até  R$11,11 .

Obs.: O número de parcela pode depender do limite do seu cartão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Hospital das Clínicas Gaspar Vianna foi inaugurado em fevereiro de 1989, atendendo prioritariamente demandas de psiquiatria.

 

 

 

Em abril de 2001, a instituição foi elevada ao status de Fundação Pública Estadual e passou a atender demandas de cardiologia e nefrologia, além da psiquiatria que já acompanhava sua trajetória desde o início. Mesmo com dificuldades em 2018, a fundação consultou cerca de  54.492 pacientes e realizou 2948 cirurgias.

 

 

Cardiopatias congênitas e filas em cirurgias são pautas de reunião na FHCGV

 

 

Cardiopatias congênitas são doenças do sistema cardiovascular caracterizada por deformidades em sua estrutura, também chamadas de ‘defeitos cardíacos’.

 

Segundo o Ministério da Saúde, 9 em cada 1000 nascidos vivos no Brasil já nascem com alguma cardiopatia congênita.

 

A doença tem sido responsável por cerca de 3% das mortes no primeiro ano de vida dos bebês.


No Pará, a Fundação Hospital das Clínicas Gaspar Vianna é a referência em cardiologia, atendendo todo o estado com demandas adulto e pediátrico.

 

 

Durante a manhã desta segunda, dia 27, o dr. Jaques esteve nas dependências do Hospital das Clínicas para avaliar a atual situação estrutural e de atendimento.

 

Ele também reuniu com o novo diretor do hospital, o dr. Miguel Saraty para saber mais sobre o tratamento e as cirurgias para pacientes com cardiopatias congênitas.

 

Durante a reunião, o deputado demonstrou preocupação sobre a situação das cirurgias pediátricas e se dispôs em ajudar, dentro do Parlamento paraense, para solucionar essa questão.

 

 

 

 

 

Deputado dr. Jaques Neves e dra. Elisângela Jorge, (esquerda e direita ), respectivamente Presidente e Secretária da comissaõ de Saúde ALEPA. Dr. Miguel Saraty, Diretor do HCFGV. 

 

 

 

 


 

“Já existe um Projeto de Lei de minha autoria tramitando na Casa que basicamente obriga a SESPA a dar transparência a fila de espera para as cirurgias”, pontuou Jaques.

Já o diretor dr. Miguel Saraty apresentou as dificuldades estruturais e relatou que o hospital conta com um aparelho angiógrafo (aparelho que realiza exame radiográfico do coração) que data desde o lançamento da Fundação em 2001 e outro que foi doado pelo Hospital Metropolitano em 2008.

 

 

 

 Edição: André Santos

Reportagem / Fotos: Joice Ribeiro, Assessoria Dep Jaques Neves

 

 

 

 

 

Noticias Relacionadas